Crédito à habitação: como ter aprovação e comprar casa nova

3 Agosto 2022

Para quem pretende comprar ou construir casa recorrendo ao financiamento, a aprovação do crédito à habitação pela instituição de crédito ou do banco é essencial para avançar com o processo de compra e venda.

1- Apresentar toda a documentação necessária

Este é, sem dúvida, o primeiro passo para garantir que o processo de financiamento a crédito seja analisado o mais célere possível, evitando atrasos consequentes da falta de documentos, e contribuir para a sua aprovação. O seu gestor SI Crédito é a pessoa ideal para indicar-lhe quais os documentos necessários e ajudá-lo a reuni-los para entregar aquando do pedido de empréstimo.

2- Pedir parte do empréstimo e dar restante como entrada

Quanto menor for o montante que pedir emprestado à instituição de crédito ou ao banco, mais probabilidade há de obter a aprovação e com condições melhores (spreads, taxas e juros). Dá jeito, pois, ter feito as suas poupanças para agora ter dinheiro e suportar a diferença entre o valor da casa e o montante pedido a crédito.

3- Ter cadastro bancário limpo, sem incidentes

Qualquer instituição de crédito ou bancária que empreste dinheiro a terceiros vai querer conhecer o histórico bancário de quem pede o financiamento para avaliar a capacidade de cumprir com o contrato e excluir o risco de falta de pagamento. Para tal, as instituições pedem ao Banco de Portugal o Mapa de Responsabilidades da pessoa, onde se regista os incidentes bancários e através do qual se traça o perfil bancário.

Se tiver alguma dívida ou situação por resolver, é da máxima prioridade que as regularize e informe o banco antes de iniciar o pedido de crédito à habitação.

4- Demonstrar estabilidade profissional e financeira

Para as entidades financeiras e bancárias são fatores de peso a estabilidade profissional e financeira, e melhor ainda se estiverem aliadas a vínculo laboral e a rendimentos regulares (salários, rendas, etc.).

5- Demonstrar taxa de esforço baixa

A taxa de esforço é um dos indicadores da capacidade financeira que as instituições usam para analisar a viabilidade do empréstimo e corresponde à percentagem do rendimento total do agregado familiar que vai servir para pagar a dívida contraída.

6- Pedir empréstimo em nome de dois titulares

Por esta altura, já deve percebido que o fator decisivo para a aprovação de um crédito é o risco, ou seja, quanto menor for o risco de incumprimento de pagamento do empréstimo contraído mais confortáveis se sentem as instituições a concedê-lo. Neste sentido, ao solicitar um crédito em nome de dois titulares está a demonstrar que o risco vai ficar diluído por duas pessoas e, consequentemente, a aumentar a probabilidade de obter a aprovação

  • a taxa de esforço desce, porque há a soma de rendimentos e a divisão de despesas;
  • diminui o risco de falta de pagamento das prestações devido a desemprego ou corte salarial.

7- Apresentar fiador

Apresentar fiador não é obrigatório, mas contribui de forma significativa para assegurar a viabilidade do empréstimo, sobretudo quando o titular demonstra uma taxa de esforço acima dos 30%. Habitualmente, os bancos e instituições solicitam fiador nos casos em que o perfil do titular é de risco.

8- Recorrer ao crédito hipotecário

Há casos em que a aprovação do financiamento fica assegurada com a apresentação de garantias adicionais, como património imobiliário e outros bens. Porém, recorrer ao crédito hipotecário deve ser uma opção muito bem ponderada e de último recurso, já que acarreta a possibilidade de perda daquele património ou bem caso haja incumprimento das prestações.

Agora que sabe o que é preciso para que o banco aprove o seu pedido, está na altura de pesquisar as soluções de crédito que as várias instituições disponibilizam ou, melhor, falar com um Gestor da SI Crédito – as parcerias sólidas que temos com as instituições bancárias e financeiras permitem-nos oferecer-lhe os spreads mais competitivos do mercado, e taxas e prazos ajustados às suas necessidades.

Não hesite, fale já connosco, nós tratamos de tudo enquanto escolhe a sua casa nova.

 

Imagens © Direitos reservados