Como funciona o crédito para construir casa?

11 Outubro 2022

A construção de casa acaba por ser uma opção para quem procura habitação própria que tenha um determinado conjunto de características difícil de reunir num imóvel já construído: dimensões, tipologia e localização que satisfaça as necessidades da família; sistema construtivo, estilo arquitetónico, sistemas de aquecimento e outras características de construção, como materiais, coberturas e acabamentos, etc.; garagens, arrecadações e anexos; espaços exteriores, como varandas, pátios, jardins e piscinas; preço adequado à taxa de esforço do agregado familiar.

Construir moradia própria permite, então, ter a casa que sempre se idealizou a preços mais competitivos e, até, vir a poupar alguns milhares de euros. No entanto, e para a maioria de nós, tanto a aquisição de imóvel como a sua construção são um investimento só possível com recurso a financiamento – é o crédito à construção. Vamos explicar-lhe do que se trata e qual a melhor solução para si.

O que é o crédito à construção?

O crédito à construção é um produto bancário que tal como o crédito habitação se destina a financiar a aquisição de habitação própria e permanente, mas com características diferentes. Vejamos, então, o que caracteriza este tipo de empréstimo:

  • o montante do empréstimo é estabelecido com base na avaliação do projeto de arquitetura (no caderno de encargos do projeto) e num orçamento para a construção de imóvel;
  • o financiamento é feito em parcelas ou tranches cujo montante vai sendo entregue à medida que se realiza a construção e que esta vai sendo vistoriada pelos peritos do banco ou instituição financeira;
  • a garantia a apresentar ao banco é o terreno e tudo o que nele estiver ou venha a ser construído;
  • tem um período de carência do capital que pode ir dos 24 meses (2 anos) significando que durante este tempo só se paga os juros.

O que deve ter em conta quando contratar um crédito à construção?

Tal como os outros tipos de financiamento a crédito não são concedidos na totalidade do valor pedido, também o dinheiro necessário para construir não será emprestado a 100%. Assim, e com isto em mente, tenha em consideração alguns aspetos decisivos para avançar:

  • habitualmente, o montante máximo do empréstimo para construir corresponde a 90% do valor total da construção apurado pela avaliação do terreno e pelo caderno de encargos apresentado no projeto de arquitetura;
  • há bancos e entidades financeiras que só disponibilizam o dinheiro quando a construção já se iniciou, portanto, terá de suportar os encargos iniciais da obra com o seu capital próprio até receber a primeira parcela do empréstimo;
  • se optar por um crédito para comprar terreno e construir casa, a verba total financiada poderá ser maior, já que é atribuída separadamente uma percentagem para o terreno e outra para a construção.

É preciso ter terreno para pedir o empréstimo?

Uma vez que a garantia a apresentar ao banco ou à entidade financeira é o terreno e tudo o que nela estiver ou venha a ser construído, é mais do que conveniente já ter o terreno antes de pedir o empréstimo.

Todavia, para quem pretende terreno, há bancos que oferecem outro tipo de financiamento que permite, simultaneamente, pedir verba para comprar terreno e construir habitação.

No entanto, e para salvaguarda das partes (tanto do banco como a do tomador do empréstimo), a concessão daquele crédito está sujeita à apresentação da certidão de viabilidade construtiva do terreno e o do Pedido de Informação Prévia (PIP) – e, uma vez que as instituições de crédito têm posturas e políticas distintas entre si, pode ser necessário apresentar mais documentos.

Se este é o seu caso, fale connosco antes de solicitar o empréstimo ao seu banco: em primeiro lugar, os nossos técnicos de arquitetura e engenharias guiá-lo nos passos a dar; e depois, os nossos gestores SI Crédito vão ajudá-lo na simulação das melhores condições.

Qual a melhor solução de crédito para si?

A construção de casa própria não é a única alternativa para quem pretende adquirir um imóvel o mais personalizado possível – há ainda a opção de comprar casa em planta, que permite a escolha de inúmeros itens ao seu gosto e o acompanhamento da obra, e obter um imóvel a um preço mais competitivo, entre outras vantagens.

Quer opte pela compra de casa em planta ou pela construção de casa própria e pretende recorrer a financiamento, na SI Crédito vai encontrar a solução ideal para si e para a sua família, usufruindo de prazos mais alargados, spreads competitivos e prestações mais baixas. Fale já com um dos nossos gestores e peça uma simulação agora.

Imagens © Direitos reservados